Massa muscular feminina como conseguir?

O termo massa muscular feminina vem crescendo ao longo dos últimos anos, principalmente porque, surge a questão de que isso não significa ficar com características masculinas.

Ou seja, traz a chance de um corpo magro, forte e curvilíneo.

Pensando nisso, o foco desse post é mostrar exatamente como conseguir isso sem comprometer a sua saúde e de maneira simplificada.

Vamos começar?

O que é a massa muscular?

Antes de mais nada, massa muscular se refere ao conjunto de músculos que compõem o corpo humano, considerando o tamanho e densidade destes.

Massa muscular feminina

Essa massa tem como principal foco garantir a movimentação corporal e sustentação/proteção esquelética, ainda que também tenha uma questão estética envolvida.

Mais importante que isso, a massa muscular serve para movimentos voluntários, como caminhas, e involuntários, como o bombeamento cardíaco.

Ou seja, é fundamental para a saúde.

Até algum tempo atrás, a massa muscular ou a chamada hipertrofia, era algo focado no universo masculino.

Afinal, existia toda uma ideia de ganhar músculos, representar forma e virilidade, ficar grande e coisas do tipo.

Entretanto, a ciência e a liberdade feminina abriram esse espaço, onde o músculo não significa ser homem e também onde a quantidade de massa não precisa ser extremamente alta.

Inclusive, movimentos de halterofilismo com a presença de mulheres, foi fundamental para que tudo isso mudasse.

Massa magra x massa muscular

Apesar de causarem certa confusão, os termos massa magra e massa muscular se referem a praticamente a mesma coisa.

Sendo assim, são termos utilizados para falar sobre os músculos ou o conjunto de massa presente em um corpo.

Entretanto, também existe o termo massa livre de gordura.

Nesse caso, o termo se refere a massa muscular somada ao peso dos ossos e peso residual, que é um outro assunto.

E dá para fazer esse cálculo?

Uma dúvida bastante comum se refere a como exatamente fazer o cálculo de massa muscular feminina, já que em consultórios é utilizado o cálculo das dobras.

Massa muscular feminina

Que é quando o profissional vê os pneuzinhos do corpo com um aparelho metálico.

Entretanto, existe uma ferramenta simples, com acesso direto que pode facilitar a sua vida, mesmo que seja um pouco diferente.

Acessando a página, aqui, você vai preencher as lacunas com o seu sexo, altura, peso, idade e nível de atividade física que realiza.

Lembre-se de preencher adequadamente, com número precisos e verdadeiros.

Depois de clicar em “Calcular”, a página mostra qual seria o ideal de consumo diário, em calorias, bem como o índice de massa corporal.

É a mesma coisa que o cálculo de massa?

Não, mas permite que você comece a ficar dentro do peso.

Para maiores cálculos, é essencial procurar um profissional.

Inclusive quer saber porque é tão difícil perder peso depois dos 40? Clique aqui e confira tudo sobre o tema!

Como conseguir massa muscular feminina – X dicas incríveis

Bom, depois de ficar por dentro do tema, surge a dúvida de como exatamente começar a ganhar massa muscular, o que pode ser bem mais simples com essas dicas práticas.

1# Entenda o processo básico

Antes de mais nada, você precisa ter em mente que o processo de ganho de massa não é rápido e direto, ou seja, tire da cabeça a ideia de uma fórmula mágica.

Isso não existe e pode gerar frustração e desanimo.

O processo funciona através da troca: o seu corpo começa a queimar a gordura enquanto fortalece os músculos, facilitando o ganho dessa massa.

No mais, a gordura de algumas regiões pode demorar mais para sumir, como do abdômen, por ser uma área de armazenamento.

Acredite, isso acontece com todas as pessoas que tem um pneuzinho ou está com sobrepeso/obesidade.

2# Alimentação para ganhar massa muscular feminina

A massa muscular depende da alimentação tanto quanto de outros fatores, afinal, é através do consumo que você fornece tudo o que o seu corpo precisa.

Massa muscular feminina

Nesse caso, existem duas principais regras a serem seguidas.

Em primeiro lugar, é essencial reduzir o consumo de alimentos relacionados ao ganho de peso.

Como por exemplo os doces, frituras, carboidratos simples, embutidos, comidas congeladas e refrigerantes ou sucos industrializados.

Veja que o foco é restringir e reduzir o consumo, mas não eliminar completamente.

Evitando assim, a compulsão alimentar.

Em segundo lugar, é preciso consumir alimentos que contribuam para o crescimento da massa, como as proteínas, que ajudam na construção e recuperação muscular.

O ideal é adicionar aos seus pratos carnes brancas, principalmente peixes e frango, ovos, cereais integrais, amêndoas, vegetais e frutas, principalmente abacate e aquelas de tons vermelhos e roxos.

A dica é construir um cardápio balanceado e saudável, fugindo das dietas, mas que permite que o seu objetivo seja conquistado.

3# Atividades físicas regulares

Não tem jeito, a massa muscular feminina e masculina só cresce com as atividades físicas, que devem ser feitas regularmente.

Ou seja, nada de praticar uma ou duas vezes na semana e procurar um resultado no espelho.

Da mesma maneira, é essencial treinar todos os músculos do corpo e não apenas um, como alguns fazem com as pernas ou glúteos.

É preciso uniformidade.

Massa muscular feminina

Justamente por isso, a dica é sempre ter o acompanhamento de um profissional, para montar um treino completo e que se adapte à sua rotina e foco.

Como o objetivo geral é aumentar a massa magra, é comum começar com exercícios que forcem a queima de gorduras e tensão muscular, como as corridas.

Ao mesmo tempo, você pode optar por treinos de musculação e os chamados anaeróbicos.

A frequência e intensidade dos exercícios devem ser aumentadas de acordo com os treinos, em uma linha crescente, para garantir resultados e evitar contusões.

Portanto, nada de treinar uma hora logo no primeiro dia.

Isso pode causar dores, danos nos tecidos e ainda fazer com que você não seja capaz de dar continuidade a pratica.

Vale a pena saber que também é preciso conhecer o metabolismo, para saber se o seu é lento ou não.

4# Descanso essencial para crescer a massa muscular feminina

Uma das regras de ouro para quem faz musculação é flexibilizar os treinos, ou seja, um dia de treino intenso e um dia de descanso ou de atividades leves.

Isso permite que reconstrução e recuperação muscular, para que a massa fique saudável, cresça e reduzindo dores e tensões.

Aqueles que treinam muito, todos os dias, além de ficarem com dores, podem acabar lesionando as fibras dos músculos, causando a quebra, o que compromete o foco dos exercícios.

Não à toa, é comum que os treinos mais intensos sejam feitos de forma intercalada, dia sim e dia não, e geralmente com foco em grupos musculares diferentes.

Por exemplo, na segunda o foco são os braços e costas, na quarta os glúteos e pernas e na sexta o abdômen.

Seguindo a ideia do descanso, também é preciso ter boas noites do sono, já que é nesse momento que o seu corpo fica relaxado e produz hormônios relacionados ao crescimento muscular.

Quem dorme pouco ou mal, tem maiores dificuldades para conseguir ganhar massa, perder peso e se manter saudável.

5# Massa muscular feminina com suplementação

Muitas mulheres têm dificuldade em conseguir ganhar massa, principalmente devido a uma alimentação pobre ou mesmo por questões genéticas e hormonais.

Neste cenário, os suplementos podem ser a melhor alternativa.

Frequentemente, a escolha de suplementos é feita de acordo com a indicação de um profissional, sendo a melhor opção.

Então, é preciso analisar a composição, recomendação médica, quantidade e demais questões.

Inclusive, nunca consuma um suplemento exclusivamente masculino, já que cada um dos sexos precisa de quantidades específicas, funcionando de maneira distinta.

No mercado, são várias as opções para mulheres, principalmente nas marcas mais famosas.

É importante dizer que os suplementos podem deixar a sua rotina mais fácil, principalmente se você está continuamente correndo de um lugar para outro e tem pouquíssimo tempo para fazer lanches ou se alimentar corretamente.

Assim, essa suplementação pode entrar como um pré-treino ou lanche.

Entretanto, os suplementos não devem substituir as principais refeições do dia, que devem ser ricas em gorduras boas, proteínas e lipídios.

6# Hidratação é parte do processo

Você já reparou como grande parte dos indivíduos que treinam na academia a algum tempo sempre tem uma garrafinha de água por perto?

Isso acontece porque a hidratação é parte fundamental do processo de ganho de massa muscular feminino, evitando a retenção de líquidos e inchaço.

A hidratação acelera o processo de recuperação muscular e garante que todos os tecidos recebam nutrientes essenciais, que vem através da alimentação.

Outro fator se refere a homeostase.

Em termos simples, o consumo de água auxilia no processo respiratório, digestivo e de excreção, mantendo o equilíbrio interno e mantendo o metabolismo funcionando.

Geralmente, a dica é consumir em torno de 35ml de água por cada quilo ou seguir a ideia de 1,5-2 litros de água diários.

Para finalizar, ainda ficou na dúvida sobre o ganho de massa muscular feminina ou quer saber mais sobre algum outro tema?

Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar ou aproveite para compartilhar esse conteúdo.

Grande abraço e até o próximo post!


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!